Melhor JAIR se acostumando!

Dia desses, parado no trânsito, deparei-me com um adesivo na traseira do automóvel a minha frente, dizia assim: Melhor JAIR se acostumado!

Costumo focar nos assuntos tributários, mas desta vez, resolvi expandir os comentários para discutir tributário com foco no pleito que se aproxima, pois, logo ali, do outro lado do muro está o nosso Manicômio Político!

Lotadinho, de figuras, umas bem conhecidas, outras que surgem do nada como a solução para todos os seus problemas. Já vemos esse filme há algum tempo.

Mas vamos lá, o adesivo penso eu, tratava do candidato Jair Bolsonaro. O capitão da reserva do exército brasileiro e Deputado federal, sempre apontou na liderança da corrida pela vaga no Palácio do Planalto após a saída do governo Temer (já vai tarde!)

O problema é que, Bolsonaro, tem um temperamento meio explosivo ao estilo Donald Trump, defende ideias pouco ortodoxas e ainda não se cercou de muitos caciques para apadrinhá-lo, como fez Lula.
Mas teço estes comentários para chegar ao ponto.

Ponto de exaustão!

Todo ano eleitoral, principalmente nas eleições presidenciais é a mesma coisa. Risco país sobe, taxas de juros descontroladas, bolsa e valores a flor da pele, e meios de comunicação bombardeando a população de informações com o intuito de criar o caos. Pois todo caos necessita de um salvador. Receita de bolo, velha como a Dona Benta!

Aí vem aquele tenebroso show de horrores que é o Horário eleitoral, onde os cão-didatos, como diz a minha mãe, vão apresentar suas propostas para a população. Ora, somos mais de 200 milhões, destes, mais de 150milhões não sabem ler nem escrever (mas acreditam em tudo o que a cumadre encaminha pelo grupo do zap zap).

E ai? Como conscientizar a Dona Maria do Rosário, casada, 56 anos, empregada doméstica, sem filhos, que vive com um salário mínimo e nem sabe ler ou escrever, de que o país precisa do voto dela (sim ela é obrigada a votar) para eleger um candidato que defenda por exemplo a Reforma Tributária.

Em meus artigos, caso de trazer a tona que após um levantamento aproximado da quantidade de TRIBUTOS existentes no Brasil, chega-se a marca impressionante de 80 (oitenta), isso aqueles que podem ser cobrados licitamente pelo governo.
Durma com uma dessas?

Independente de quem for o candidato eleito para ocupar a vaga de Temer (já vai tarde), toda a sociedade tem que agira em conjunto para que seus representantes no Manicômio Político (congresso e senado), apliquem-se com afinco na mudança tão necessária quanto a reformas das escolas, ou o aumento dos policiais, ou até mesmo na construção de creches.

Necessitamos modernizar os impostos no Brasil...
Por favor... defenda esta ideia.

Ou melhor, JAIR se acostumando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *